Siga-nos  
                                                       Cidadão SP    /governosp    Dúvidas Frequentes


Secretaria de Agricultura de SP anuncia AgriFutura para 2022
Evento, que será realizado em março de 2022, apresentará soluções tecnológicas inovadoras para o agronegócio

Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo lançará nessa quarta-feira, 15 de dezembro, às 17h, o AgriFutura. O evento, que será realizado em março de 2022 na capital paulista, apresentará soluções tecnológicas e inovadoras para o agronegócio.

O AgriFutura reunirá startups e empresas do agro e é organizado em parceria com a Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa do Agronegócio (Fundepag). Os seis Institutos e 11 Polos Regionais de Pesquisa da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA) farão a curadoria do evento.

Tecnologia

A APTA compreende o Instituto Agronômico (IAC), Instituto Biológico (IB), Instituto de Economia Agrícola (IEA), Instituto de Pesca (IP), Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL) e Instituto de Zootecnia (IZ), além dos 11 Polos Regionais distribuídos estrategicamente no Estado de São Paulo e do Departamento de Gestão Estratégica (DGE).

As unidades de pesquisa da APTA atendem à demanda tecnológica das diversas cadeias de produção do agronegócio, utilizando seu potencial de geração e transferência de conhecimento em uma visão de desenvolvimento sustentado, com foco na inovação com responsabilidade social e ambiental. Para isso, está respaldada pela capacitação profissional de seus pesquisadores e técnicos.

Por meio de suas atividades de pesquisa e produção de bens e serviços, a APTA contribui para o desenvolvimento regional, inovação científica e tecnológica e fortalecimento da economia baseada no agronegócio.



Fonte: AG Evolution

13 Dezembro 2021

https://agevolution.canalrural.com.br/secretaria-de-agricultura-de-sp-anuncia-agrifutura-para-2022/


Produção de lambari da Mata Atlântica como isca viva é possível e rentável, mostra estudo
Pesquisadores desenvolveram sistema de baixo custo para criação do peixe em cativeiro. Alternativa pode evitar o uso excessivo de espécies nativas em pescarias e ainda gerar renda